fórum do farol de ideias

movimento de mãos e cabeças | movimento de activistas sonhadores
 
InícioInício  GaleriaGaleria  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin    

Compartilhe | 
 

 Portátil Magalhães

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
jotinha
sonhador
sonhador


Masculino
Número de Mensagens : 515
Idade : 38
Localização : portocallos
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 11:13

> Tudo sobre o Portátil Magalhães

Portátil Magalhães alargado ao 2º ciclo

Fizeram-nos a vontade … Já está confirmado, e por palavras do próprio Primeiro-Ministro. A aparente injustiça que estava criada, com o não anúncio do Magalhães para o 2º ciclo foi agora ultrapassada pela confirmação de que os alunos dos 5º e 6º anos poderão ter acesso ao Magalhães, ou então optarem pelo programa e-escolas já em vigor para os alunos do 7º ao 12º anos de escolaridade.

Aqui no Blog PortatilMagalhaes.com esperamos mesmo que modestamente, ter contribuído para este final feliz. Lembramos, que desde muito cedo constatamos o sentimento de tristeza de muitos pais, que aqui comentaram a falta de um programa de apoio para a aquisição de um computador no 2º ciclo, quando os restantes anos escolares passariam a estar servidos por completo após o anúncio da Iniciativa Magalhães. Promovemos uma petição a que muitos se juntaram, perfazendo a significativa soma (agora mesmo, antes de a desmontar) de 589 assinaturas.


Entrega dos primeiros Magalhães

Afinal, José Sócrates não esteve em Sabrosa, mas sim em Matosinhos, bem perto do Porto - uma das duas alternativas a local de nascimento do navegador que emprestou o nome ao projecto do portátil português - Fernão Magalhães.

O Primeiro-ministro esteve na escola EB1 Padre Manuel de Castro, em S. Mamede Infesta, onde assinalou o início da distribuição dos cerca de três mil computadores portáteis Magalhães aos alunos do primeiro ciclo. Registe-se que na semana passado se falou em 2 a 3 centenas de portáteis, já ontem o n.º apontado pela imprensa era de 4000 e afinal hoje, noticia-se que a distribuição foi de 3 mil unidades. Ficarão por distribuir … 497 mil Magalhães.

_________________
“— Tudo isso está bem dito... mas devemos cultivar o nosso jardim.”
Voltaire em cândido (livro completo em brasileiro)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jotinha-online.spaces.live.com/
wally
forumeiro
forumeiro


Masculino
Número de Mensagens : 372
Idade : 37
Localização : algures na europa
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 12:20

Facturação a triplicar

A empresa produtora do portátil “Magalhães” admite triplicar a facturação na sequência das vendas do novo computador.

Segundo João Paulo Sá Couto, a empresa facturou 96,5 milhões de euros em 2007 e, excluindo o "efeito "Magalhães", deverá atingir um volume de negócios de 130 milhões de euros este ano.

Com a produção do “Magalhães” o crescimento das vendas podem chegar a mais 100 milhões de euros para Portugal e outros 100 ou 200 milhões para os mercados externos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://araktualprincesabonnie.spaces.live.com/
wally
forumeiro
forumeiro


Masculino
Número de Mensagens : 372
Idade : 37
Localização : algures na europa
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 12:33

O ‘chairman’ da Intel, Craig Barrett, elogiou a iniciativa do Governo e concluiu que “Portugal está a dar um exemplo ao resto do mundo”.

loooooollllll....

os putos devido a calculadora ja não sabem hoje fazer contas... agora com o magalhães não saberam escrever?!;?... alias ja não sabem devido ao telemovel...lol... sendo assim butche pra frente com o magalhães...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://araktualprincesabonnie.spaces.live.com/
wally
forumeiro
forumeiro


Masculino
Número de Mensagens : 372
Idade : 37
Localização : algures na europa
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 12:57

Por João Pedro Pereira tecnopolis
Passando em revista as três semanas em que este blogue esteve parado, não há dúvidas de que o grande acontecimento tecnológico em Portugal foi a apresentação do Magalhães - um computador portátil de baixo custo, destinado a crianças entre os seis e os dez anos.

Como já foi esmiuçado em alguns blogues, o Magalhães é uma adaptação, montada em Portugal, do Classmate PC, um pequeno computador portátil que a Intel desenvolveu para vender em países sub-desenvolvidos (aqueles que a empresa vê como “mercados emergentes”) - um facto que os responsáveis pelo projecto não fizeram questão de sublinhar e que parte dos media ignorou.

O assunto tem dado que escrever na blogosfera: aqui, aqui e aqui, por exemplo.

Em Outubro, o vice-presidente da Intel John E. Davies, responsável pelo programa World Ahead (o programa que distribui os Classmate PC) esteve em Portugal para assinar um memorando com o governo português para equipar com chips Intel os computadores do e-escola.

O tema dos portáteis de baixo custo - e do Magalhães em particular - merece ser retomado. Até lá, deixo o artigo resultante da entrevista ao executivo da Intel, originalmente publicado no suplemento Digital:


--------------------------------------------------------------------------------

O negócio de vender computadores aos pobres

Para que precisam os agricultores em áreas remotas da China de um computador? Uma resposta é: precisam de acesso à informação para conseguir uma melhor qualidade de vida. Outra: porque as grandes empresas não querem deixar fugir as oportunidades de negócio nos mercados emergentes.

A China, como muitos países asiáticos, africanos e sul-americanos, está na mira dos fabricantes de tecnologia, que querem chegar aos que ainda estão no lado negro do fosso digital.

Um dos grandes nomes internacionais que tem apostado na informatização dos países em vias de desenvolvimento é a Intel. A maior fabricante mundial de processadores mantém o programa World Ahead, que actua em 40 países e visa informatizar os milhões de pessoas a quem a tecnologia da informação ainda não chegou. E não se trata apenas de países em desenvolvimento. O World Ahead também estabelece parcerias com governos de países “tecnologicamente maduros”, para que as tecnologias de informação cheguem a faixas normalmente info-excluídas, como é o caso dos idosos.

Da instalação de Internet sem fios a parcerias para a criação de computadores ultra-baratos, passando pelo treino de professores e apoio a escolas - é assim que a Intel se tem posicionado nos mercados dos países mais pobres. Uma postura que quase parece de caridade, mas que “é negócio”, explicou sem hesitar o vice-presidente da companhia e responsável pelo World Ahead, John E. Davies, numa entrevista ao Digital.

O executivo da multinacional americana esteve esta semana em Portugal para assinar um memorando com o Governo. O acordo formalizou a integração de tecnologia recente da marca nos portáteis de baixo preço que estão a ser distribuídos pelo executivo a alunos e professores, ao abrigo do Plano Tecnológico.

Portáteis baratos

O World Ahead investe anualmente milhões em acções de inclusão digital. Mas nem por isso deixa de ser “rentável”, nota Davies (que se escusou a avançar números). Neste campo, a estratégia da Intel passa “não por dar o peixe, mas por ensinar a pescar”. E, pode-se acrescentar, por vender as canas de pesca.

Um dos projectos mais conhecidos da Intel na área do impulso à informatização é o Classmate, um computador portátil, barato e concebido para crianças, que é vendido ao governos interessados. O modelo é semelhante ao “portátil de 100 dólares”, da iniciativa One Laptop Per Child (OLPC), cujo mentor, Nicholas Negroponte, chegou a acusar a Intel de estar a competir de forma injusta. Contudo, segundo Davies, há 1200 milhões de crianças em idade escolar cujos países podem estar interessados neste tipo de equipamento: “Há espaço para mais do que um.”

A Intel acabou até por se juntar recentemente à iniciativa de Negroponte, cujos computadores são equipados com processadores da rival AMD. Mais uma vez, Davies não esconde o objectivo da multinacional: vender a sua tecnologia. Davies acredita que a Intel vai acabar por conseguir desenvolver um processador com as características necessárias para equipar os “portáteis de 100 dólares” - nomeadamente, um muito reduzido consumo de energia.

A Intel equipa ainda o modelo de computador sem monitor (tem que ser ligado a uma televisão) que a Lenovo está a distribuir na China e os ultra-portáteis Asus, computadores baratos e destinados, por exemplo, a estudantes universitários com poucos rendimentos.

A tecnologia liberta

Uma das críticas frequentes aos projectos que pretendem diminuir o fosso digital é que as populações de muitos países têm muitos outros problemas por resolver - carências alimentares, a falta de escolas ou de um sistema de saúde adequado.

O vice-presidente da Intel, John E. Davies, defende, contudo, que o acesso a computadores e à Internet são importantes para a melhoria da qualidade de vida das populações: “Se não lhes dermos tecnologia, eles ficam aprisionados. [A Internet] consegue tirá-los do seu meio”, argumenta, recordando o episódio de uma aldeia egípcia onde a instalação de computadores e Internet pela Intel ajudou a encontrar soluções novas para questões locais, como um problema de saneamento.

Por outro lado, a informática não tem que ser pensada nos moldes dos países desenvolvido, diz Davies. Na China rural, por exemplo, não é necessário um computador por pessoa. “Se calhar, basta um por aldeia”, o suficiente para um agricultor pesquisar o preço das colheitas que produz e não ser enganado quando as for vender.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://araktualprincesabonnie.spaces.live.com/
wally
forumeiro
forumeiro


Masculino
Número de Mensagens : 372
Idade : 37
Localização : algures na europa
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 12:58

Ó Mãe o Magalhães está avariado! Fiz lá uma tosta mista e o queijo não derreteu!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://araktualprincesabonnie.spaces.live.com/
jotinha
sonhador
sonhador


Masculino
Número de Mensagens : 515
Idade : 38
Localização : portocallos
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 13:25

wally escreveu:
Fiz lá uma tosta mista e o queijo não derreteu!

> espero que os ´putos` sejam mais inteligentes que isto!

_________________
“— Tudo isso está bem dito... mas devemos cultivar o nosso jardim.”
Voltaire em cândido (livro completo em brasileiro)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jotinha-online.spaces.live.com/
wally
forumeiro
forumeiro


Masculino
Número de Mensagens : 372
Idade : 37
Localização : algures na europa
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 13:47

jotinha escreveu:
wally escreveu:
Fiz lá uma tosta mista e o queijo não derreteu!

> espero que os ´putos` sejam mais inteligentes que isto!

...aos seis anos tudo é possivel!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://araktualprincesabonnie.spaces.live.com/
jotinha
sonhador
sonhador


Masculino
Número de Mensagens : 515
Idade : 38
Localização : portocallos
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 14:09

wally escreveu:
jotinha escreveu:
wally escreveu:
Fiz lá uma tosta mista e o queijo não derreteu!

> espero que os ´putos` sejam mais inteligentes que isto!

...aos seis anos tudo é possivel!

> acredito. nem só aos 6(...)

> não pretendi tirar-te a razão. eu disse, espero. e espero fazer algo por isso.

_________________
“— Tudo isso está bem dito... mas devemos cultivar o nosso jardim.”
Voltaire em cândido (livro completo em brasileiro)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jotinha-online.spaces.live.com/
the_kid
não tenho net em casa?
não tenho net em casa?


Masculino
Número de Mensagens : 92
Idade : 28
Localização : Coimbra
Data de inscrição : 14/04/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Ter 30 Set - 15:49

ahhhh e sabes uma coisa em relacao a esses portateis????? defenicoes apenas sei k usam celerons 500mhz ou 1,5Ghz com 512sdram ou ddr, ou seja foram a sucata arranjar os restos da intel e prontz temos portateis para os putos todos k fixeeeeeee
o governo e a JP Sa Couto sao bues de fixes conseguiram livrar o stock de "merda" (desculpem o palavrao) que tinham para la a trambulhao ate devem ter sido capazes de ir a propria intel pedinchar os restos k eles tinham para la de abater e YEY vamos ser milionarios a vender estas porcarias por 280 a 350€ e dizemos k o custo sao 180€ k na realidade so temos de comprar a "caixa" para ser bonito e todo lindo.....
kerem enganar os Totos e exkesem se da malta k percebe minimamente disto...fico FU**** com estas porras... mas tambem vos digo uma coisa se conseguir sacar um de borla vou saca lo ja k o pagei com bons muitos bons dias de trabalho
e sim eles sao distribuidos
escalao 1- de borla(o que deviam ser todos mas ok)
escalao 2-25€(la vao andar os pais a desemborsar dinheiro para os putos terem um pc para jugarem minas e sim pk oferecem computadores PORTATEIS ao garotos mas formacao para os usar é so a partir do 9º ano, estranho???? a mim nao me parecem)
escalao 3-50€(comentarios? para k?)


fico lixado com estas coisas

(desculpem os palavros xD)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
wally
forumeiro
forumeiro


Masculino
Número de Mensagens : 372
Idade : 37
Localização : algures na europa
Data de inscrição : 21/02/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Seg 3 Nov - 8:46

politicos transformaram-se em comerciais..... que parvoice!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://araktualprincesabonnie.spaces.live.com/
Andreia
forumeiro
forumeiro


Feminino
Número de Mensagens : 123
Idade : 26
Localização : Calvão
Data de inscrição : 18/06/2008

MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   Qua 5 Nov - 6:50

O que eles querem é dinheiro, porque a intensão que manifestam... ve-se logo pelas falhas que a tese deles apresenta que é apenas uma desculpa para se fazerem vender os portateis magalhães e se encherem os bolsos.
Deviam fazer alguma coisa pelo crescimento do pais, em vez disso, a opção é de puro egoismo ao criar novas ideias de fazer dinheiro fácil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Portátil Magalhães   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Portátil Magalhães
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Compro rádio CB portátil
» Como instalar acionador de portão elétrico no farol
» Tutorial, controle do portão da garagem no farol.
» Portão eletrônico
» Borracheiro Portátil

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fórum do farol de ideias :: Geral :: Links :: Educação e Informação-
Ir para: